Contrastaria na Revista Joiapro

   

Proteção de dados pessoais

Imprensa Nacional-Casa da Moeda, S. A. (INCM), tem o compromisso de proteger a sua privacidade e ao abrigo do Regulamento Geral de Proteção de Dados Pessoais (RGPD), regulamento (EU) 2016/679, respeita e protege os dados pessoais que lhe forem transmitidos.

 

Sempre que em alguma operação de autenticação junto dos nossos serviços fornecer os seus dados pessoais, a INCM garante a proteção dos seus dados pessoais através de procedimentos físicos e lógicos, bem como pela aplicação de práticas de segurança de informação inerentes à sua atividade.

 

Para mais informações relativas às práticas de proteção de dados da INCM, ou caso pretenda enviar um pedido relacionado com os seus dados pessoais, por favor contacte o nosso encarregado de proteção de dados através de dpo@incm.pt.

Cesto de compras

Tem 0 produtos no seu cesto.

							

Total:

0,00 

A Contrastaria assinalou os seus 140 anos com uma série de iniciativas, que nos permitiu estar mais próximos e em constante diálogo com o setor da ourivesaria.

 

A participação na Portojóia, em setembro, uniu ainda mais a Contrastaria aos verdadeiros parceiros do setor, que tiveram oportunidade de conhecer melhor toda a atividade por detrás da aposição da marca de contraste.

 

Foi na sequência da participação neste certame que pudemos partilhar com a Joiapro, não só o balanço da presença neste evento, como ainda apresentar os serviços de que disponibilizamos, sempre com os olhos postos na melhoria contínua e no caminho da excelência.

 

Pode consultar a Revista Joiapro aqui.

 

 

 

Chegou a oportunidade de saber o que pensam os nossos clientes do que já conseguimos até aqui. A sua opinião faz a diferença.

Participe e ajude-nos a evoluir, respondendo ao nosso questionário.

O Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, André Moz Caldas, acompanhado da Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, visitou este sábado, no Porto, a Portojóia 2022, a maior feira nacional de ourivesaria, joalharia e relojoaria.

Esta visita, realizada a convite da Contrastaria da Imprensa Nacional Casa da Moeda, foi uma excelente oportunidade para um melhor conhecimento deste importante setor económico, de enorme criatividade, resiliência e excelência, permitindo uma ampla troca de ideias com os operadores económicos, o centro de formação e as associações representativas do setor.

 

Veja a galeria de imagens que preparámos para si!

O Senhor Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, André Moz Caldas, e a Senhora Secretária de Estado do Turismo, do Comércio e Serviços, Rita Marques, visitam a Portojóia, na Exponor, no sábado dia 24 de setembro, concedendo a devida relevância do setor da ourivesaria, joalharia e relojoaria portuguesas, nos contextos da economia portuguesa e do desenvolvimento regional, bem como para manterem um diálogo com os operadores económicos, entidades e associações do setor que, de uma forma exemplar, conjuga a indústria, a arte, a história, a cultura e o futuro, tão bem reunidos neste certame, onde marca ainda presença a Contrastaria, serviço público da Imprensa Nacional Casa da Moeda.

 

Fique atento porque temos mais novidades para si.

No âmbito da celebração dos seus 140 anos, a Contrastaria recebeu, em Gondomar, a visita do Senhor Secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, que acompanhou o trabalho das equipas que diariamente asseguram a missão de ensaiar e contrastar milhares de artigos com metais preciosos.

 

A comitiva, que muito nos honrou com a sua visita, ficou a conhecer melhor esta atividade secular. Este é, provavelmente, o mais antigo mecanismo de defesa do consumidor, e um serviço público prestado pela Contrastaria da Imprensa Nacional Casa da Moeda, cuja importância e capacidade de renovação contribuem para prestar um melhor serviço aos seus clientes e valorizar o setor da ourivesaria e joalharia nacional.

No dia em que a Contrastaria Portuguesa comemorou 140 anos de existência, a equipa do ECO, jornal económico digital de referência, acompanhou um dia de trabalho das equipas que asseguram a missão de ensaiar e contrastar os artigos com metais preciosos que, diariamente, dão entrada na Contrastaria, no moderno edifício do parque tecnológico de Gondomar.

 

Este serviço garante a aposição da marca de contraste com o propósito da defesa do consumidor final e da proteção da leal concorrência entre os operadores económicos, num mais eficaz combate à falsificação.

 

Leia a reportagem na íntegra aqui.

Balanço no aniversário de uma instituição que defende o consumidor desde o século 13: Entre 2020 e 2022, foram certificadas aproximadamente nove milhões de peças, qualquer coisa como duas toneladas de ouro e mais de 21 toneladas de prata.

A recuperação do setor de Ourivesaria fundamentada com números da Contrastaria Portuguesa, já é uma realidade. Leia o artigo na íntegra aqui.

No passada segunda-feira, uma equipa da RTP deslocou-se à Contrastaria Portuguesa para conhecer os segredos por trás da Contrastaria e desvendar, junto do cidadão comum, o significado das marcas de contraste inscritas nas alianças, pulseiras e fios que usam diariamente. Quase todos temos algo que já passou pela Contrastaria, serviço oficial que permite certificar cada peça, depois de analisada e marcada.

Esta reportagem surge, oportunamente, num momento em que a Contrastaria comemora 140 anos da sua existência, com um propósito da defesa do consumidor final e da proteção da leal concorrência entre os operadores económicos num mais eficaz combate à falsificação.

Esta ação resulta de um Plano de Comunicação da Contrastaria que assume como um dos seus principais eixos a promoção do valor da marca de certificação como elemento fundamental de proteção dos direitos do consumidor, contribuindo também para a valorização e o prestígio das peças de joalharia e ourivesaria.

A reportagem que resultou desta visita foi transmitida no Portugal em Direto, no dia 27 de julho. Pode vê-la, na íntegra, aqui.

Depois da implementação dos formulários eletrónicos, do pré-registo, e do desenvolvimento da área reservada, que tornaram a Contrastaria, ainda mais próxima dos operadores económicos, damos mais um passo rumo ao objetivo da celeridade e eficiência, com a implementação de um serviço de atendimento telefónico e acompanhamento personalizado, a partir de dia 1 de julho.

O call center funcionará num horário mais alargado, das 9:00 às 20:00. O número mantém-se: 217 810 870

A área de suporte de atendimento é essencial para qualquer entidade que deseja ter um bom relacionamento com os seus clientes. Isso é ainda mais relevante para a Contrastaria que pretende, com este novo serviço, oferecer uma mais rápida resposta a todos os operadores económicos, diminuindo o tempo de espera e ampliar a produtividade do atendimento telefónico.

No passado dia 7 de abril, a Contrastaria teve oportunidade de conhecer o CINDOR – Centro de Formação Profissional Ourivesaria e Relojoaria, em Gondomar.

A formação especializada que a CINDOR presta na área de ourivesaria e relojoaria, transversal a todas as idades e com uma elevada taxa de empregabilidade, é um dos fatores de sucesso da evolução do setor, objetivo partilhado com a Contrastaria.

Eunice Neves, Diretora do Centro, partilhou trabalho desenvolvido e os desafios para que esta entidade formativa se adaptasse às exigências do mercado, nomeadamente com a inclusão de cursos direcionados para o design de Joalharia e Marketing Digital.

A relação de parceria entre a Contrastaria e o centro de formação que já era uma realidade, será estendida e consolidada através da promoção de várias iniciativas que serão imprescindíveis para acompanhar o constante e salutar desenvolvimento das empresas, de modo a torná-las mais capacitadas a responder aos desafios atuais.

A revisão das Unidades Formativas de Curta Duração e o conhecimento da atividade de contraste pelos formandos foram alguns dos temas abordados, num encontro em que Paula Pedro, diretora da Contrastaria lançou o repto aos alunos do curso de Fotografia para que contribuam com imagens para o website da Contrastaria, promovendo ainda mais a parceria com o CINDOR.

X